LECTIO DIVINA



Leitura Orante da Bíblia

A Palavra de Deus é “luz para os meus passos, luz para o meu caminho”

(Sl 119,105)



O QUE É A “LÉCTIO DIVINA”?

“Léctio Divina” quer dizer “Leitura divina”. É a forma de ler a Bíblia com proveito espiritual. É necessário ter atenção e assiduidade, para que, rezando a Palavra de Deus compreendamos as coisas divinas e cheguemos a experimentar o que ouvimos e meditamos.

O Espírito Santo nos ajuda a descobrir o sentido da Palavra de Deus e ter a força para responder à sua vontade com as mesmas atitudes de Jesus e de Maria. “Entre as muitas formas de se aproximar da Sagrada Escritura, existe uma privilegiada, à qual somos todos convidados: a LÉCTIO DIVINA, com seus quatro momento ( leitura, meditação, oração e contemplação), favorece o encontro pessoal com Jesus Cristo”(DAp249)

A leitura orante da Bíblia é o coração da vida cristã; que tem como principal fonte de espiritualidade a escuta e a obediência à Palavra de Deus. A experiência pode ser feita pessoalmente, em família, em grupo ou em comunidade.


OBJETIVOS DA LÉCTIO DIVINA

Há muitas maneiras de ler a Bíblia: curiosidade, busca de diferentes pontos de vista ou visões: filosófica, politica, social, cultural e outras.

A Léctio Divina não elimina nenhum destes e de outros olhares e os considera complementares; porém, a finalidade primeira e mais importante da Létcio Divina é o conhecimento de Deus e o encontro pessoal com Jesus Cristo.

O objetivo da Létcio Divina é a escuta e a obediência à Palavra, em atitude de fé, oração e de conversão. É poder interpretar a vida e os acontecimentos com a ajuda da Bíblia, tornando-nos discípulos missionários, membros vivos e atuantes da missão evangelizadora da Igreja.

CRITÉRIOS

Para uma leitura cristã da Bíblia devemos levar em conta alguns elementos essenciais:
• REALIDADE: Partir da realidade de hoje levando para dentro da Bíblia a sua vida concreta com as luzes e as sombras;
• TEXTO: Ouvir o que o texto da Bíblia diz e dispor-se a acolher as mudanças que forem necessárias para entrar na Vontade de Deus;
• CRIAR UM AMBIENTE ORANTE: que favoreça a escuta e a adesão da fé.

INVOCAÇÃO AO ESPIRITO SANTO

Quando vamos rezar, o Espírito Santo é a luz que nos ajuda a acolher e praticar a Palavra e a Vontade de Deus manifestada em Jesus Cristo. Jesus é a Palavra de Deus, pois, n’Ele se realizam a Lei e os Profetas. Praticando a Léctio Divina, o nosso coração poderá arder de alegria e entendimento diante da Palavra, como aconteceu aos discípulos de Emáus (Lc.24,13-35)

OS QUATRO PASSOS DA LÉCTIO DIVINA




1. LEITURA: O TEXTO EM SI, O QUE O TEXTO DIZ

• Ler e reler o texto prestando atenção a cada palavra, aos tempos dos verbos, ao ambiente, às pessoas nomeadas, aos personagens com seus sentimentos e atitudes. E uma leitura atenta e perseverante;

• Entender o que o texto está dizendo; procurar no dicionário o sentido das palavras não entendidas e recorrer a um bom comentário da leitura;

• Não ter pressa: perseverar para compreender o texto no seu contexto e sentido literal-histórico da Bíblia. Perscrutar as escrituras é estar com Deus e desejar conhecer o seu plano de salvação;

• Silenciar: para se lembrar do que leu e o que Deus quer falar hoje para sua vida, sua história e sua missão;

• Partilhar: repetindo em voz alta, o que mais chamou a sua atenção ou lendo o texto em primeira pessoa.

2. MEDITAÇÃO: O QUE O TEXTO DIZ PARA MIM E/OU PARA NÓS?

• REPETIR o texto com a boca, a mente e o coração. Ruminar o texto, interiorizá-lo, aprender de Cor (=de coração) para sentir o seu saber e o seu sabor;

• INDENTIFICAR-SE com o texto, pois nós somos iguais às pessoas que estão no texto, com suas experiências, sentimentos e pensamentos;

• ATUALIZAR A PALAVRA ligando-a à vida concreta que estamos experimentando: pessoal, familiar, social e eclesial;

• BUSCAR O ROSTO DE CRISTO através das palavras, com as quais Deus está nos falando. Entrar no assunto e escutar a mensagem que ilumina, converte, alimenta, transforma.
Se perguntar: como esta Palavra se realiza em Cristo? Como esta Palavra se realiza em mim?

3. ORAÇÃO: O QUE O TEXTO DIZ PARA MIM E/OU PARA NÓS?

Na simplicidade da vida e na riqueza espiritual de Santa Teresinha do Menino Jesus, encontramos uma definição do que seja a oração em toda a sua beleza e plenitude.“Para mim, a oração é um impulso do coração, é um simples olhar lançado para o céu, é um grito de gratidão e de amor, tanto no meio da tribulação como no meio da alegria”. A oração é um encontro amoroso com Deus. Deixe que Deus fale ao seu coração, acolha a visita do Senhor, deixe que brote a oração de: Adoração, admiração, louvor, agradecimento, arrependimento, perdão, súplica, intercessão, benção.

4.CONTEMPLAÇÃO: O QUE O TEXTO ME LEVA A SER E A FAZER

Contemplar é saborear a presença de Deus e passar a ver a realidade e os acontecimentos com os olhos de Deus, pois os pensamentos de Deus não são como os nossos. É ver antecipadamente o que Deus quer realizar naqueles que o amam e põem em prática a Sua Palavra. Aqui nascem as novidades do que precisa ser mudado para que a vontade de Deus se realize em mim, na terra e no céu. É o momento de formular um compromisso de vida e escolher uma palavra ou uma frase que resuma este compromisso para memorizar e depois colocar em prática.