FRATERNIDADE

Nossa vida cotidiana de Irmãs é a manifestação e o teste de autenticidade de nossa contemplação, a expressão existencial da dimensão eclesial de nossa consagração religiosa, e por causa dela, nossa fraternidade e configurada como uma “pequena igreja”. Na partilha constante da mesa, do trabalho, da oração, da missão, das alegrias e dores, nós nos descobrimos a caminho do único Pai, participamos dos carismas uma da outra e nos sustentamos mutuamente nas dificuldades do caminho da sequela Christi.

Também nossa fraternidade tem sua dimensão contemplativa, enquanto é centrada sobre uma comum vocação de amar e deixar-se amar pelo Pai, é sustentada pela constante volta ao centro de si mesma para encontrar-se com Ele, é caracterizada pelo empenho de todas em centralizar a existência pessoal e comunitária em sua Pessoa e na construção de seu Reino.

Fraternidade