“Não tenham medo de chamar. Descei para o meio de vossos jovens. Ide, pessoalmente, ao encontro deles e chamai-os. O coração de muitos jovens e dos menos jovens estão predispostos a vos escutar. Muitos destes estão procurando um grande ideal pelo qual dar a vida. Estão pressurosos em descobrir uma missão que valha a pena, para consagrar a ela a sua existência. Cristo os sintonizou com o vosso apelo. Nós devemos chamar. O resto fará o Senhor que oferece a cada um deles os seus dons particulares, segundo a graça que cada um recebe. Exerçamos este ministério com largueza de coração”. (João Paulo II, no dia mundial da oração pelas vocações/ 1983).

PROJETO DESPERTAR PARA A VIDA

O que significa despertar?

Despertar significa acordar. Mas não basta só desperta e acordar, é preciso levantar. Assim fez o profeta Elias ao ser despertado pelo anjo.’’ Levante-te e come pois o caminho e longo.’’(1Rs 19,5- 19, 7-8)

Deus nos chama a cada um pessoalmente e pelo nome. Uma experiência interior. Como chamou Abraão (Gn. 12,1-2). Moisés (Ex 3,1ss). Jeremias (Jer 1,1ss). Maria (Lc 1, 27ss), os Apóstolos (Mt. 10, 1-16)…

Deus nos chama pelos valores que nos atraem. Cada pessoa tem dons e talentos e vai descobrindo valores que aos poucos vão orientando a sua vida. A seleção cuidadosa desses valores levam- na a fazer uma opção. Esta opção é a resposta a um chamado.

Deus nos chama pela comunidade, pela Igreja que precisa de jovens com coragem de seguir a proposta de seguimento do Reino. Toda vocação está em função do Reino, portanto, Deus se serve de uma comunidade carente para mostrar uma vocação.

Deus nos chama pelo irmão que sofre. É vendo o sofrimento do pobre, do marginalizado, do doente, que nos sentimentos tocados para assumir uma missão específica na Igreja/sociedade.

Deus nos chama através de mediadores diretos. Através de padres, religiosos(as), leigos, promotores vocacionais, que com uma palavra ou o próprio testemunho de vida nos ajudam no discernimento vocacional.

O despertar para a vida acontece em três etapas durante o ano, tem por objetivo: ajudar os jovens a descobrirem o sentido da vida. Os encontros são programados com a equipe do Despertar Vocacional (DV) e da Juventude.

Cada etapa  acontece nas dependências das nossas comunidades para que os jovens tenham a possibilidade de uma vivência fraterna com as irmãs, valorizando a troca de experiências intersubjetivas, acolhendo os valores trazidos das diversas realidades, promovendo a liberdade da pessoa humana diante dos desafios atuais; por isso consideramos relevante a permanência dos jovens no espaço do encontro durante os dois dias.

Para a realização dos encontros, contamos com uma equipe externa, formada por membros da Pastoral da Juventude carmelita, do Serviço de Animação Vocacional e alguns casais.

Durante o ano as equipes de apoio acompanham e refletem com a equipe da Pastoral da Juventude Carmelita Missionária e DV, o desenvolvimento do Itinerário vocacional dos jovens.

QUEM PODE PARTICIPAR: Jovens de 15 a 26 anos de preferência os que ainda não participam de outros grupos.