Nesta última e decisiva fase, a formação é um processo que visa confirmar a Carmelita Missionária de Santa Teresa do Menino Jesus no compromisso incessante de “crescer em Cristo em todas as dimensões”

A vocação carmelita missionária é um dom de Deus e exige compromisso radical para viver a consagração batismal através dos Conselhos evangélicos de castidade, pobreza e obediência na contemplação, fraternidade e missão, e este processo dura toda a vida.